Big Data como Serviço

Big Data como Serviço

O mundo da tecnologia anda em uma velocidade cada vez maior. Isso é fato. E quanto mais conhecimento é gerado, mais soluções que nunca haviam sido pensadas (talvez porque os problemas se quer existiam), vão sendo criadas. E com a Ciência de Dados não tem sido diferente. Eu acredito que os avanços recentes em Ciência de Dados ainda são a ponta do iceberg e um conceito que vem crescendo consideravelmente nos EUA e Europa, com soluções aparecendo o tempo todo, é o de Big Data como serviço. Vejamos:

 Nós já temos:

  • Software fornecido como serviço (SaaS – Software as a Service)
  • Plataforma como serviço (PaaS – Platform as a Service)
  • Infraestrura como serviço (IaaS – Infrastructure as a Service)
  • Dados como serviço – (DaaS – Data as a Service)

Agora, misturando todos juntos e considerando uma grande quantidade de dados envolvidos, chegamos ao:

  • Big Data como serviço – BDaaS (Big Data as a Service)

Pode não ser um termo familiar ainda, mas descreve adequadamente um rápido crescimento deste novo mercado. Nos últimos anos, muitas empresas surgiram oferecendo serviços de Big Data baseados em nuvem para ajudar outras empresas e organizações a resolver seus dilemas relacionados a dados.

Estima-se que o mercado de soluções de negócio de TI baseados em nuvem, vai crescer dos atuais 15% para 35% até 2021. Estima-se que o mercado global de Big Data estará valendo 88 bilhões de dólares até 2021 e que apenas o BDaaS estará estimado em 30 bilhões de dólares nesse mesmo ano. Impressionante, não?

Muitos podem pensar que se trata de mais um termo para vender serviços e soluções. Mas toda nova tecnologia sofre este tipo de preconceito, até que o mercado perceba seu valor. Infelizmente, quem perdeu tempo apenas criticando ou não dando a devida importância, deixará de aproveitar a oportunidade de aprender sobre a tecnologia e como criar soluções a partir dela. Lembre-se que Facebook e Twitter não existiam até alguns anos atrás e hoje fazem parte da vida cotidiana de bilhões de pessoas em todo mundo. Se ainda não acredita no Big Data, comece a rever seus conceitos.

Sendo assim, vamos ver alguns conceitos e exemplos de como o Big Data como serviço está sendo colocado em prática em empresas reais e organizações em todo o mundo.

Afinal, o que é o BDaaS?

Big Data se refere à quantidade cada vez maior de informação que estamos criando e armazenando, bem como a análise e utilização desses dados. Em um sentido mais amplo, particularmente refere-se à aplicação do conhecimento coletado a partir desta análise, a fim de impulsionar o crescimento do negócio.

No momento, BDaaS é um termo um tanto nebuloso frequentemente usado para descrever uma ampla variedade de terceirização de várias funções do Big Data para a nuvem. Isto pode variar desde o fornecimento de dados e fornecimento de ferramentas analíticas até a realização da análise real e fornecimento de relatórios. Alguns provedores BDaaS também incluem consultoria e assessoria dentro de seus pacotes BDaaS.

Por que o BDaaS é útil?

Existem várias vantagens para a terceirização ou virtualização de atividades analíticas envolvendo grandes conjuntos de dados. A popularidade do Hadoop tem democratizado o Big Data – qualquer pessoa pode usar hardware barato e software open-source para analisar os dados, se investirem tempo aprendendo.

O armazenamento e gerenciamento de grandes quantidades de informação requer um investimento contínuo de tempo e recursos. Quando você usa BDaaS, todo este custo fica sob a responsabilidade do provedor BDaaS, deixando a empresa livre para se concentrar em questões de negócio.

Provedores BDaaS geralmente têm tudo configurado e pronto para utilização e a empresa simplesmente aluga o uso de seus mecanismos de armazenamento e de análise baseados em nuvem e paga pelo tempo que utiliza ou pela quantidade de dados analisados. Provedores BDaaS muitas vezes assumem o custo de conformidade e proteção de dados. Quando os dados são armazenados em seus servidores, eles são (em geral) responsáveis por eles.

Um bom exemplo é o IBM Analytics para Twitter, que oferece às empresas o acesso a dados e análises para até 500 milhões de tweets por dia e 280 milhões de usuários ativos mensais. O serviço fornece ferramentas e aplicações para dar sentido ao que parece confuso, como dados não estruturados. Segundo a própria IBM, já foram treinados 4.000 consultores para ajudar as empresas a colocar os planos de BDaaS em ação. Quando as gigantes da tecnologia seguem um determinado caminho, é bem provável que este caminho leve a algo lucrativo.

A chegada da Apple Watch – o dispositivo que promete fazer dos wearables uma realidade – vai, sem dúvida, trazer consigo um tsunami de novos apps BDaaS. Eles vão absorver os dados das milhões de pessoas que usarão o wearable, desde monitoramento de sua frequência cardíaca até a organização do seu calendário social para controle remoto e entretenimento doméstico. Em seguida, eles vão encontrar maneiras inovadoras para empacotá-los e vendê-los de volta para nós. Apple e IBM acabam de anunciar a sua colaboração em uma plataforma relacionada a dados sobre saúde.

AWS da Amazon, bem como Google  AdSense e AdWords, são serviços conhecidos que também estão entrando nesta onda. Eles são usados ​​por milhares de pequenas e médias empresas para hospedar a infraestrutura de dados e direcionar seu marketing para nichos relevantes, onde os potenciais clientes estarão esperando.

O termo “Big Data como um Serviço” pode ser bastante complicado, mas o conceito é bastante sólido. À medida que mais e mais empresas percebem o valor da implementação de estratégias de Big Data, mais serviços vão surgir para apoiá-los. A análise dos dados pode e geralmente traz mudanças positivas para qualquer organização que leve seus dados a sério.

O que estamos presenciando é o surgimento de tecnologias e soluções que não existiam a até poucos anos atrás. Está tudo acontecendo agora, neste momento. Estaríamos passando por uma nova revolução? A revolução dos dados?

David Matos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *